Notícias
28/04/2017 – 19h45 | última atualização em 02/05/2017 – 15h12

OAB/RJ repudia ação violenta das forças policiais em ato desta sexta

Fonte: redação da Tribuna do Advogado
Por meio de nota oficial, a OAB/RJ criticou a violenta ação das forças policiais contra manifestantes que participavam de ato em repúdio às reformas trabalhista e da previdência, realizado nesta sexta-feira, dia 28. Para a Ordem, nada justifica a investida, com bombas e cassetetes, contra pessoas que protestavam de forma pacífica.
 
"Se houvesse excessos por parte de alguns ativistas, a Polícia deveria tratar de contê-los na forma da lei. Mas o ataque com métodos de tocaia e a posterior perseguição por vários bairros a pessoas que tão-só exerciam seu direito à manifestação constitui grave atentado à Constituição e ao Estado democrático de Direito", destaca o texto.
 
Leia a íntegra do documento:
 
Nota oficial
 
A Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Estado do Rio de Janeiro, vem a público repudiar veementemente a violenta ação da Polícia Militar contra milhares de manifestantes que participavam de ato no fim da tarde desta sexta, dia 28, na Cinelândia.
 
Nada justifica a investida, com bombas e cassetetes, contra uma multidão que protestava de modo pacífico. Se houve excessos por parte de alguns ativistas, a Polícia deveria tratar de contê-los na forma da lei. Mas o ataque com métodos de tocaia e a posterior perseguição por vários bairros a pessoas que tão-só exerciam seu direito à manifestação representa grave atentado à Constituição e ao Estado democrático de Direito.
 
O Brasil passou mais de duas décadas sob o jugo do autoritarismo. Não podemos admitir qualquer ensaio de retorno a aqueles tempos sombrios. É o alerta que a OAB/RJ, em seu papel institucional, faz nesse preocupante momento de nossa história. Democracia, sempre.
 
Diretoria da OAB/RJ
Rio de Janeiro, 28 de abril de 2017
PUBLICIDADE
OAB/RJ - Av. Marechal Câmara, 150 - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20020-080 - Fones: (21) 2730-6525 / (21) 2272-6150
atendimento@oabrj.org.br - 2012 - OAB/RJ online - Todos os direitos reservados.
Fechar(x)