Notícias
11/09/2018 – 12h47 | última atualização em 13/09/2018 – 18h44

Versão KZ do PJe é implementada em 100% do TRT/RJ

Fonte: com informações da Assessoria do TRT/RJ
A versão foi instalada apenas internamente, não alcançando o usuário externo, o advogado
 
 
O Comitê Gestor Regional do Processo Judicial Eletrônico (PJe) informou que foi concluída na quarta-feira, dia 5, às 18h, a implementação da versão KZ do sistema PJe em 100% das unidades do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT/RJ). No momento, a mudança estará disponível apenas para usuários internos - magistrados e servidores -, conforme decisão do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), a fim de permitir eventuais correções antes da disponibilização da interface para advogados e procuradores públicos.
 
O presidente do Comitê Gestor Regional do PJe, desembargador José Luis Campos Xavier, ressaltou as vantagens da nova versão:  "O PJe está em constante evolução. Essa nova fase com o PJe 2.0, o KZ, vem, ao mesmo tempo, otimizar e facilitar a vida do usuário interno, principalmente em relação ao tempo de execução de cada tarefa, que vai ser reduzido. A interface da nova versão é mais amigável e intuitiva. Todos nós só temos a ganhar".
 
Em junho a Versão KZ do PJe foi disponibilizada para a segunda instância do TRT/RJ e agora em setembro, com a capacitação dos servidores de primeiro grau, foi estendida para as demais unidades judiciárias do TRT/RJ.
 
A versão KZ do sistema PJe
Uma das novidades dessa versão é a existência de um novo mascote, o KZ, representado por um androide esférico em tom metálico, cujas expressões, como felicidade e dúvida, por exemplo, podem ser facilmente percebidas por meio de um monitor no centro de seu corpo.
 
Segundo o CSJT, o novo mascote tem um conceito mais contemporâneo e tecnológico e substitui o seu antecessor, o "Pejotinha", que era representado pelo pen drive, em alusão à primeira forma de realizar a certificação eletrônica pelo sistema - hoje já desatualizada, visto que atualmente se usam certificados do tipo A1, que não exigem o uso do hardware.
 
O objetivo é mostrar que, com o avanço das tecnologias, o PJe na Justiça do Trabalho também está se modernizando, ficando mais ágil e atendendo às necessidades dos usuários. O nome do mascote também representa progressos. KZ é uma abreviação da palavra japonesa "Kaizen", que significa "melhoria" ou "mudança para melhor".
 
Outras novidades
A nova versão do PJe vem com um diferencial voltado para a gestão da unidade jurisdicional, conferindo novas possibilidades de controle processual, além de contar com uma ferramenta que permite a atribuição de responsável, com inclusão de prazo para realização da tarefa e área para inserção de comentários, orientações e informações relevantes sobre ou para o andamento do processo.
 
Conta, também, com um gráfico de distribuição de processos por servidores, que disponibiliza a quantidade de processos que estão sob a responsabilidade de cada um, facilitando a visualização da distribuição das tarefas e atribuindo maior eficácia no controle de resultados por produtividade, seja individual ou coletivo.
 
Primando pela garantia da acessibilidade, o novo PJe-KZ conta com o Dock, um painel flutuante que, de maneira rápida, acessa funcionalidades como: autuação de novo processo, novo processo CLE, verificação de audiências importadas, modelos de documentos e consultas de processos de terceiros e prazos. Todas as telas, ícones e caixas possuem tamanhos e letras grandes, o que facilita a visualização.
 
O ícone "Meu Painel" disponibiliza para o servidor somente os processos que estão sob a sua responsabilidade, permitindo uma maior dinamismo e objetividade na realização das tarefas, promovendo maior celeridade na tramitação dos processos.
 
Um dos maiores diferenciais dessa nova versão é a formatação da consulta do andamento processual ("ver detalhes" - na versão antiga), que além de permitir a visualização da petição ou documento na mesma tela em que aparece o andamento processual (de forma lado a lado), conta com uma pesquisa por palavras de forma rápida e objetiva, exibição dos momentos processuais, ícones específicos para busca rápida de atas, sentenças e acórdãos, acesso direto ao resumo do processo com acesso à retificação da autuação, download do processo, entre outros ícones de acesso rápido. Tudo isso sem necessidade de sair da tela, conferindo maior agilidade e proporcionando maior segurança na realização das tarefas.
 
O Comitê Gestor Regional do PJe disponibilizou nove vídeos tutoriais na página do PJe no Portal do TRT/RJ
PUBLICIDADE
OAB/RJ - Av. Marechal Câmara, 150 - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20020-080 - Fones: (21) 2730-6525 / (21) 2272-6150
atendimento@oabrj.org.br - 2012 - OAB/RJ online - Todos os direitos reservados.
Fechar(x)