Notícias
03/04/2019 – 12h31 | última atualização em 05/04/2019 – 18h16

Luciano Bandeira recebe a Medalha Pedro Ernesto

Fonte: redação da Tribuna do Advogado
              Foto: Bruno Marins  |   Clique para ampliar
 
Eduardo Sarmento
Em noite de valorização do papel da advocacia junto à sociedade, o presidente da OAB/RJ, Luciano Bandeira, recebeu, nesta terça-feira, dia 2, a Medalha Pedro Ernesto. Maior comenda do município, a condecoração é entregue a personalidades que se destacam em suas áreas de atuação. A iniciativa da foi do vereador Reimont (PT).
 
Em sua fala, Luciano foi enfático ao despersonalizar a homenagem, colocando-se como um representante da advocacia. Com um discurso forte, o presidente da Seccional fez questão de dar relevância à atuação da Ordem para além das questões corporativas. "Temos uma missão maior", salientou. "Nosso dever muitas vezes é incompreendido. Temos um compromisso com os valores da civilização, com os valores da humanidade. Temos um compromisso com a sociedade e a com a democracia, este é o principal ponto que devemos nos orgulhar", disse.
 
Foto: Bruno de Marins |   Clique para ampliar
"A advocacia está muito sofrida, muito atacada. Somos atacados porque questionamos. E questionamos porque defendemos o cidadão. Nos momentos em que apenas o extremo e o radicalismo são ouvidos, cabe à advocacia defender os direitos e garantias fundamentais. É nossa função assegurar que cada cidadão tenha direito a um julgamento justo, ao devido processo legal, ao que determina a Constituição Federal. É o advogado que tem a capacidade de transformar sonhos em realidade", colocou.
 
Luciano também abordou a questão das fake news e, mais uma vez, apontou a relevância da classe ao considerar que "é dever nosso não aceitar uma informação sem ouvir o outro lado, mas não devemos nunca brigar com a história. Nos tempos atuais, quando a muitas pessoas não querem conhecer os fatos, preferindo acreditar em mensagens de Whatsapp, temos que nos ater à verdade. Falar mentiras publicamente e repetir alegações falsas não transforma a realidade".
 
Foto: Bruno de Marins |   Clique para ampliar
Durante a solenidade, os oradores foram unânimes ao destacar a importância da advocacia na atual quadro histórico. Luciano teve sua trajetória de militância e atuação como dirigente de Ordem rememorada pelos colegas. Além do homenageado e do anfitrião, estavam à mesa da Câmara dos Vereadores o presidente do Conselho Federal, Felipe Santa Cruz, os integrantes da diretoria da Seccional: a vice-presidente, Ana Tereza Basílio; o secretário-geral, Álvaro Quintão; o secretário-adjunto, Fábio Nogueira; e o tesoureiro, Marcello Oliveira; e o presidente da Caarj, Ricardo Menezes. Um vídeo enviado pelo ex-presidente da OAB/RJ Wadih Damous, que não pode comparecer, também foi exibido.
 
Foto: Bruno de Marins |   Clique para ampliar
"A advocacia do Rio de Janeiro está sendo dirigida por quem tem representatividade e preenche todos os requisitos necessários para ser nosso representante", elogiou Felipe. E continuou: "O Rio de Janeiro passa pela maior crise de sua história, mas todos nós advogados dormimos um pouco menos angustiados sabendo que sentado na cadeira de presidente da Seccional há um colega absolutamente capaz de enfrentar este desafio".
 
Reimont ressaltou que a entrega da comenda ao presidente da OAB/RJ "em um momento de ataques e ameaças constantes à Constituição e ao estado democrático de direito" cresce em simbologia e significado. Ao final da cerimônia, o vereador promoveu um resgate histórico da atuação da Ordem e estendeu a homenagem à Lyda Monteiro, funcionária da OAB vitimada, em 1980, por uma carta-bomba endereçada ao então presidente do Conselho Federal Eduardo Seabra Fagundes.
PUBLICIDADE
OAB/RJ - Av. Marechal Câmara, 150 - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20020-080 - Fones: (21) 2730-6525 / (21) 2272-6150
atendimento@oabrj.org.br - 2012 - OAB/RJ online - Todos os direitos reservados.
Fechar(x)