Notícias
05/02/2013 – 16h22 | última atualização em 06/02/2013 – 11h26

Wadih defende Diretas e mais rigor na prestação de contas

Fonte: redação da Tribuna do Advogado
O ex-presidente da Seccional, Wadih Damous, foi empossado sexta-feira, dia 1º, em Brasília, como um dos conselheiros federais que irá representar o Rio de Janeiro na entidade até janeiro de 2016. Para o novo conselheiro, que vai levar adiante temas como as Diretas para a eleição nacional e o rigor na prestação de contas, a posse da nova diretoria marcou um momento importante para a democracia no Conselho Federal. "O discurso do novo presidente foi muito consistente, e apontou novos tempos para a entidade. No sentido institucional, fica a idéia de que a Ordem não é o Ministério Público, e que todos os valores constitucionais devem ser igualmente defendidos", destacou. O ex-presidente deu depoimento ao site da OAB/RJ e à Rádio OABRJ.
 
Wadih - que trabalhará junto com Cláudio Pereira e Carlos Roberto Siqueira Castro, conselheiros pelo Rio desde a última gestão - citou, também, a valorização do princípio do contraditório e da ampla defesa: "O princípio constitucional da moralidade administrativa é muito importante, mas não pode ser o único a ser valorizado, em detrimento de outros também importantes como, por exemplo, o princípio do contraditório e da ampla defesa", defendeu.
A OAB não pode ser um órgão encastelado e distante da advocacia, como vinha sendo
Wadih Damous
presidente da OAB/RJ
 
 
Outro aspecto levantado pelo conselheiro diz respeito à relação entre a entidade, os advogados e a sociedade. "A OAB não pode ser um órgão encastelado e distante da advocacia, como vinha sendo. O novo presidente acena com mudanças, principalmente no que diz respeito às prerrogativas profissionais", destacou, saudando a criação da Procuradoria Nacional de Defesa das Prerrogativas. E completou: "Pretendo colaborar propondo alterações no Estatuto da Advocacia, como em relação às eleições. Continuarei defendendo eleições diretas para o Conselho Federal. Outra alteração proposta será nas regras da prestação de contas, que atualmente deixam algumas brechas. Precisamos tornar a fiscalização mais rígida".
 
O presidente da OAB/RJ, Felipe Santa Cruz, que esteve presente à solenidade, elogiou o trabalho de Wadih à frente da Seccional e mostrou confiança com o trabalho a ser desenvolvido nos próximos anos.
 
"Além de suceder Wadih na presidência, tive a honra de assistir sua posse como conselheiro federal. O Rio de Janeiro não poderia estar mais bem representado, tenho certeza de que, em Brasília, Wadih trabalhará ainda mais pela advocacia", disse Felipe.
 
Na ocasião também tomaram posse os demais 80 conselheiros federais, além da nova diretoria da OAB nacional - em que o secretário-geral é Cláudio Pereira.
 
PUBLICIDADE
OAB/RJ - Av. Marechal Câmara, 150 - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20020-080 - Fones: (21) 2730-6525 / (21) 2272-6150
atendimento@oabrj.org.br - 2012 - OAB/RJ online - Todos os direitos reservados.
Fechar(x)