Um grupo de mais de 20 membros de órgãos de proteção florestal da China esteve na OABRJ na tarde desta terça-feira, dia 26, e foi recebido pelo presidente da Comissão de Direito Ambiental, Flávio Ahmed, pela a a vice-diretora de Mulheres, Valéria Pinheiro, e pela presidente da Comissão de Direito Ambiental da Subseção de Bangu, Cristina Luz.

Ahmed explicou ao grupo sobre a atuação institucional da Ordem. "A OAB reúne os advogados de todo o país. Somos aproximadamente 1 milhão de colegas em todo o Brasil. Além de representar a classe, a entidade também tem o papel constitucional de defender a ordem jurídica brasileira", disse.

Ele explicou que na conversa seria abordado como a lei brasileira protege as florestas. "Temos, no Brasil, leis que tratam de florestas desde o Século 17. Era uma lei que protegia o Pau Brasil, uma árvore muito importante que deu o nome ao nosso país", explicou. "A nossa Constituição Federal é o documento que consideramos mais importante em se tratando do Direito Ambiental. A partir de 1988, quando foi promulgada a nossa Constituição Cidadã, o Direito Ambiental aparece como um direito fundamental que não pode ser revogado por lei", afirmou Ahmed.