Brasileiro integra corte internacional

 

 

Do Jornal do Brasil

 

04/04/2008 - O jurista Roberto Caldas foi indicado, pelo Itamaraty, para integrar a Corte Interamericana de Direitos Humanos, com sede em San José, na Costa Rica, na condição de juiz "ad hoc", em relação a dois casos de violação ocorridos no Brasil a serem julgados pela Corte. O advogado - que integra a Comissão Nacional de Direitos Sociais da Ordem dos Advogados do Brasil e a Comissão de Ética Pública da Presidência da República - explicou que sua convocação se deve ao fato de não haver, atualmente, nenhum brasileiro entre os sete juízes titulares. Caldas disse ontem não ter sido ainda informado sobre os casos de violação de direitos humanos que irá analisar.