Você sabia que a OAB/RJ tem atualmente 125 comissões temáticas? Os grupos, que realizam uma constante troca da Ordem com a advocacia e a sociedade civil sobre temas específicos do Direito, ganharam ainda mais importância nas últimas gestões. Nesta, as comissões se firmaram como agentes de um dos principais pilares do presidente Luciano Bandeira, a qualificação profissional, sendo responsáveis pelos eventos realizados diariamente na sede da Seccional.

E aqui no Portal da Seccional você pode conhecer todas elas. Na aba Comissões, que fica dentro do menu Institucional, é disponibilizada uma listagem sempre atualizada . Clicando em cada uma delas, é possível visualizar o nome de quem a preside e o email de contato do grupo.

“Não dá para imaginar uma OAB forte, capaz de defender plenamente os direitos da advocacia, se não tivermos a participação ativa dos colegas. As comissões, com seu trabalho diário e os eventos, que vão de pequenos encontros, colóquios, a grandes seminários, proporcionam isso. São atualmente mais de quatro mil advogados trabalhando voluntariamente em todas elas, com o objetivo de produzir conteúdo para a advocacia e proporcionar aos colegas oportunidades de encontros com especialistas renomados”, analisa o coordenador-geral dos grupos, Fábio Nogueira, que ocupa o cargo há sete anos e atualmente é também secretário-adjunto da Seccional.

Os eventos – que no último triênio contabilizaram aproximadamente 1800 e que estão sendo intensificados nesta gestão – são, em sua maioria, transmitidos pelo canal da OAB/RJ no YouTube, sempre com a intenção de levar ao maior número possível de colegas debates e exposições sobre assuntos atuais de cada área jurídica. Os diversos temas tratados, que muitas vezes têm relação direta com o que está sendo comentado na sociedade civil, vão ao encontro da própria missão da Ordem, frisa Fábio: “Não poderia ser diferente, pois a OAB é a principal voz da sociedade civil organizada”.

Luciano Bandeira explica que os eventos representam uma das ações da Ordem no suporte ao advogado e advogada no cenário de crise econômica atual: “Em momentos como esse é fundamental que a advocacia esteja qualificada para as demandas do mercado. Advogado capacitado tem menos chance de ter suas prerrogativas violadas. Os eventos gratuitos e debates amplos promovidos pelas comissões contribuem muito para essa capacitação”.