O convênio firmado entre a Comissão de Relações Institucionais da OABRJ e a Universidade de Coimbra foi aderido pela Caarj

O presidente da OABRJ, Luciano Bandeira, esteve na última terça-feira, dia 26, na sede da Caarj para receber, juntamente ao presidente da Caixa, Ricardo Menezes, os quatro ganhadores das bolsas de 100% oferecidas para profissionais com baixa renda familiar em cursos na Universidade de Coimbra.

Desdobramento do convênio entre a Comissão de Relações Institucionais da OABRJ e a universidade portuguesa, as bolsas foram uma ação da Caarj voltada à melhoria na promoção da igualdade no projeto de capacitação internacional. Ela contemplou advogados interessados  nos cursos de extensão “Responsabilidade Civil-Empresarial” e “Direitos Humanos e Novas Tecnologias”.

Os selecionados passaram por uma avaliação técnica social realizada pelo núcleo de assistência da Caixa, que divulgou o resultado no último dia 4. Entre os escolhidos estava Héber Gomes de Oliveira, que milita há 11 anos em um escritório de advocacia. “Sou o primeiro advogado da minha família. Esse curso significa a realização de um grande sonho, principalmente por ter oportunidade de estudar no exterior. Tenho certeza que abrirá portas para uma mudança incrível na minha carreira”, disse.

Filha de pai pedreiro e mãe vendedora, Thayanne Ribeiro Querino também foi selecionada para a bolsa. Ela conta que cresceu em uma comunidade de São Gonçalo, estudou em escola pública durante toda a vida e concluiu o curso de Direito graças ao Fies (Programa de Financiamento Estudantil). “Agora, a OABRJ está me abrindo essa porta. Sei que esse curso vai ser algo muito importante na minha vida profissional. E espero que inspire outros com histórias semelhantes”, afirmou.

Com a trajetória parecida com a de Thayanne, Cláudia Vilela contou que também cursou escola pública e que é filha de mãe doméstica e pai comerciante: “Custeei minha pós graduação trabalhando vendendo seguros, tive uma vida de dificuldade mas não foi por isso que deixei de querer vencer e agora vou fazer um mestrado em Coimbra”, comemorou.

Ela ressaltou as possibilidades abertas pelo convênio da Ordem encampado pela Caarj: “Muita gente fala que a OABRJ não faz nada pela classe, mas ela nos atende muito, sim. Eu convidei três amigas para fazer a inscrição para essa bolsa e nenhuma delas acreditou. E olha aí, eu fui contemplada”.

Valéria Mendonça dos Santos, a quarta contemplada, destacou o empenho da Ordem na capacitação profissional.

“Desejo muito sucesso a vocês, que produzam muito conteúdo acadêmico e tragam essa experiência pra cá, para divulgar para outros advogados”, disse Luciano, completando: “Continuaremos com esse projeto, tentando ampliar para mais universidades e para o máximo de advogados possível. Nossa missão é essa”. 

Paulo Renato Fernandes, vice-presidente da Comissão de Relações Institucionais da Seccional, reforça que é uma chance única que a Ordem e a Caarj oferecem à advocacia. “Se trata de uma parceria internacional que busca a capacitação e o acesso da advocacia carioca e fluminense a uma das maiores universidades do mundo”, destaca. “Com este projeto, as instituições cumprem uma função social muito relevante, pois pavimentam o caminho para que a advocacia possa ter acesso à educação continuada de alto nível”, frisou.

Também participaram da reunião o assessor-executivo da presidência, Carlos André Pedrazzi ; e o diretor-tesoureiro da Caarj, Frederico Mendes.

As aulas serão entre os dias 25 e 29 de maio de 2020 e as inscrições para o curso ainda estão abertas. Mais informações podem ser obtidas por meio dos emails [email protected] ou [email protected].