Faculdade de Direito sem qualidade é um câncer, diz Britto

 

 

Do site do Conselho Federal

 

17/01/2008 - Um total de 26 universidades particulares terão de reduzir 6.323 vagas oferecidas em cursos de direito no país, por baixo desempenho. A lista de instituições foi divulgada hoje (17) pelo MEC (Ministério da Educação), em coletiva realizada em Brasília. A determinação do MEC deve ser cumprida nos próximos 12 meses.

 

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto, disse à Agência Brasil que não faltam exemplos, em todas as regiões do país, de cursos de direito de qualidade ruim. "É como se fosse um câncer. Algumas instituições se espalham no Brasil como grandes shopping centers de fachada bonita e qualificação inexistente".