O presidente da OAB Nacional, Felipe Santa Cruz, foi homenageado com a Medalha Costa Netto no III Colégio de Presidentes de Caixas de Assistência dos Advogados realizado nesta segunda-feira, dia 10, na sede da OABRJ. A comenda foi entregue pelo presidente da Caarj, Ricardo Oliveira de Menezes – idealizador da homenagem.

Criada pela Caarj, a Medalha Costa Netto tem como propósito reverenciar advogados que se destacam na defesa das Caixas e da Ordem. A comenda leva esse nome em homenagem ao advogado Francisco Costa Netto, um dos principais incentivadores da criação da Caixa de Assistência da Advocacia do Estado do Rio de Janeiro, em 1943, da qual se tornou presidente em 1977. Ele também presidiu a OABRJ, entre 1983 e 1985, quando teve atuação destacada pela restauração do Estado democrático de Direito no Brasil. Costa Netto faleceu em 2009, aos 87 anos, deixando um legado de valorização da advocacia na sociedade.

Para Ricardo, dar a Felipe essa comenda significa reconhecer todos seus esforços empreendidos à frente da Caarj, da OABRJ e, agora, do Conselho Federal: “Felipe Santa Cruz foi presidente de Caixa, de seccional e, hoje, é nosso líder maior a OAB. Pelos seus muitos serviços relevantes prestados à advocacia não poderia ter pessoa melhor, que represente toda a advocacia, para ser o primeiro a receber a Medalha Costa Netto - grande advogado trabalhista, que sempre valorizou a classe”.

O presidente do Conselho Federal agradeceu a homenagem. “Fazer parte da rotina de trabalho da Ordem é um sacrifício. Doamos nosso tempo, deixamos de estar com a família. Somos uma união de pessoas que buscam contribuir de alguma forma para a advocacia. É claro que em vários momentos precisamos alinhar nosso trabalho e talvez esse seja o nosso maior talento: somos maestros do trabalho coletivo. É dessa união de pessoas mais ousadas e mais cautelosas, mais tradicionais ou menos conservadoras, dessa formação heterogenia que a gente consegue fazer uma Ordem viva, ativa”, pontuou Felipe, que também destacou o fato de ser o terceiro ex-presidente da OABRJ atuante na advocacia trabalhista.

“Muito bacana a iniciativa da Medalha Costa Netto. O Rio de Janeiro só teve três presidentes de Ordem oriundos da advocacia trabalhista: Costa Neto, Wadih Damous e eu. Então, obviamente, é muito emocionante receber essa homenagem”, disse.

Representantes das caixas definiram prioridades para o ano

O coordenador nacional das Caixas de Assistência dos Advogados (Concad) e presidente da CAA/Rio Grande do Sul, Pedro Alfonsin, comandou as pautas e ressaltou a importância da realização do Colégio.

“É importante somarmos forças para que a gente possa fazer o melhor pela advocacia. Nossa intenção sempre foi e será deixar um legado que marque a nossa gestão, mas que faça principalmente entregas, que faça o advogado sentir a diferença no seu dia a dia”, ressaltou Alfonsin.

Os dirigentes das Caixas também discutiram sobre a realização dos Jogos Nacionais da Advocacia, que vai acontecer de 7 a 13 de junho, em Goiânia-GO, e trataram temas como a implantação e ampliação do Programa Anuidade Zero, convênios para serviços de saúde mental, participação na Conferência Nacional da Mulher Advogada entre outros.