O presidente da Seccional, Luciano Bandeira, e dirigentes da Ordem visitaram o Juizado Especial Cível (JEC) da Gávea em mais uma parada do projeto Gabinete Itinerante, nesta quarta-feira, dia 16. A intenção do projeto é ouvir, in loco, os anseios da classe, tanto nos postos da Justiça na capital e no interior quanto nos espaços mantidos pela Ordem. 

Acompanharam Luciano o presidente e o tesoureiro da Caarj, Ricardo Menezes e Frederico Mendes; o diretor de Comunicação da OABRJ, Marcus Vinícius Cordeiro; o assessor especial da Presidência, Carlos André Pedrazz;, o procurador-geral, Alfredo Hilário; o ouvidor-geral, Carlos Henrique de Carvalho; o presidente da Comissão de Celeridade Processual, Paulo Grossi; e o da Comissão de Juizados Especiais, Pedro Menezes.

Depois de conversar com colegas na sala de espera do juizado e encontrar uma advogada almoçando de forma improvisada, Luciano identificou a necessidade de a Ordem montar uma sala para dar mais conforto a quem precisar fazer uma refeição, digitalizar documentos ou tirar fotocópias, por exemplo.

“Vamos pleitear junto ao tribunal um espaço, acredito que seja possível conseguirmos implantar um ponto de apoio para os advogados, já que o local é grande e bem instalado", afirmou.

Audiencista da área cível, Rodrigo Oliveira da Silva elogiou a iniciativa da Seccional e sugeriu que os dirigentes visitassem outros JECs.

“Os com maior morosidade são os de Madureira e de Jacarepaguá”, afirmou.

O próximo destino do Gabinete Itinerante será o JEC de Vila Isabel.