Dando continuidade à primeira manhã de trabalho do II Colégio de Presidentes de Subseção, que acontece até domingo, dia 15, em Macaé, a diretoria da Caarj apresentou algumas diretrizes da gestão e esclareceu alguns pontos sobre a atuação da entidade.  O presidente da Caixa, Ricardo Menezes, sintetizou a atuação do grupo no novo slogan 'Assistência em primeiro lugar', que foi apresentado no Colégio.

"A nossa gestão tem a missão de cuidar da advocacia", resumiu .

A vice-presidente da Caarj, Marisa Gaudio, que acumula a diretoria de Mulheres na OABRJ, falou sobre a aplicação do Plano de Valorização da Mulher Advogada. Ela citou a o Projeto Nascer, que isenta da anuidade a advogada que tem filho naquele ano, a qualificação sobre pautas ligadas à advocacia feminina e a defesa das prerrogativas das mulheres. "Também desenvolvemos uma campanha permanente de saúde da mulher advogada", disse. Marisa adiantou que o nome da entidade mudará para Caixa de Assistência da Advocacia do Rio de Janeiro. "Para que as mulheres se sintam representadas", concluiu.

Secretário-geral da Caarj, Mauro Pereira é o responsável por regularizar os convênios firmados pela entidade. O foco, segundo ele, é incentivar cada vez mais a participação das subseções. "Sabemos que a maioria das parcerias está na capital e queremos mudar isso. Queremos que o advogado em todo estado acesse o nosso banco de dados e veja onde tem convênio na cidade dele, portanto a participação dos presidentes de subseção é fundamental nesse processo", reafirmou.

Para finalizar, o tesoureiro da entidade, Fred Mendes, falou sobre os desafios da gestão financeira. "Estamos fazendo uma adequação e de priorização da finalidade da Caarj, que é a assistência ao advogado que está necessitando", resumiu. 

A Caarj está dividida em quatro núcleos: assistência, saúde, cultura e lazer e convênios. Veja mais informações em www.caarj.org.br.