OAB apóia derrubada pelo Senado da CPMF até 2011

 

 

Do site do Conselho Federal

 

13/12/2007 - O Senado rejeitou, em primeiro turno, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que prorrogaria a CPMF até 2011. A votação, realizada no início da madrugada desta quinta-feira (13), terminou com 45 votos a favor e 34 contra. Para aprovar, o governo precisava de 49 votos favoráveis dos 79 senadores. Em Aracaju, onde assistiu pela Tv Senado todo o processo de votação, o presidente nacional da OAB, Cezar Britto comemorou a derrubada da CPMF. "A OAB sempre foi contra o chamado imposto do cheque por considerá-lo "inoportuno, inconveniente e um grande equívoco".