A implementação de audiências por teleconferência para a manutenção dos prazos (definido pela Resolução 318/2020 do CNJ) motivou a Diretoria da Subseção de Macaé a convidar magistrados que atuam na Vara Federal local e nas comarcas da Justiça estadual de Macaé, de Conceição de Macabu e Carapebus/Quissamã a discutir temas como o sigilo de ata e de depoimento neste novo modelo e tirar dúvidas sobre o Sistema Webex. Os encontros se deram em reuniões virtuais realizadas no próprio Webex, num feito inédito para a advocacia local. 

A reunião com a juíza federal Maria Cristina Ribeiro Botelho Kanto e o diretor de secretaria da vara, Nilton Hilário, aconteceu no dia 27 de maio. 

Em 1º de junho, participaram os juízes estaduais Josué de Matos Ferreira, Sandro de Araújo Lontra, Leonardo Hostalacio Notini, Suzane Viana Macedo e Gisele Goncalves Dias. 

O encontro com o juiz em exercício no Fórum da Comarca de Conceição de Macabu, Wycliffe de Melo Couto, e com a magistrada Priscilla Macuco Ferreira, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Macaé e da Comarca de Carapebus/Quissamã, ocorreu em 8 de junho.

Todos os encontros tiveram participação de dezenas de inscritos e voz ativa da advocacia. Os magistrados responderam às perguntas enviadas pela classe ao email da subseção e tiraram outras dúvidas que surgiram ao vivo. 

“Temos certeza de que os diversos esclarecimentos prestados  foram valiosos para a classe quanto à realização ou não da audiência virtual em tempos de Covid-19”, diz o presidente da subseção, Fabiano Paschoal, que agradeceu aos magistrados pela prioridade nas expedições de alvarás, mandados de pagamento e RPVs neste momento de emergência.

O escaneamento gratuito de todos os processos da 2ª Vara Cível pela subseção no final de 2019, o que possibilitou o prosseguimento virtual de todo o acervo da serventia, foi elogiado por uma das magistradas, para quem a iniciativa contribuiu pelo normal prosseguimento de centenas de processos. 

As  atas das reuniões podem ser acessadas nas mídias da subseção.