Começou nesta segunda-feira, dia 30, e vai até o dia 11 de outubro o mutirão de audiências de conciliação na Justiça Federal para regularizar situação dos advogados com ações de execução referentes a anuidades vencidas. O presidente da Seccional, Luciano Bandeira, assegurou que o objetivo da iniciativa é "estimular os advogados e as advogadas que enfrentaram dificuldades durante a grave crise a aproveitarem os benefícios ofertados à categoria". 

Cerca de 2.800 processos foram indicados para o mutirão. Colegas com ações de execução que não foram notificados e desejem participar devem comparecer ao prédio da Justiça Federal, Seção Judiciária do Rio de Janeiro, localizado na Av. Rio Branco 243, 13º andar, Anexo II, no Centro. As sessões acontecem das 10h às 17h.

Mais informações podem ser obtidas junto à Ordem, pelo e-mail [email protected], ou com o Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos da JF, no e-mail [email protected]

"Sabemos dos problemas enfrentados pela advocacia do Rio de Janeiro e estamos buscando ser sensíveis, mostrando que, ao realizar um acordo, os colegas passam a ter acesso a serviços de apoio tanto da OABRJ quanto da Caarj. Compreendemos as dificuldades e vamos buscar a melhor situação possível para a advocacia", afirmou o procurador-geral da Seccional, Alfredo Hilário.