A OABRJ lamenta a morte de Camilo Romualdo Bazzarella, ocorrida nesta quarta-feira, dia 20. Bazzarella foi presidente da Subseção de Valença entre 1991 e 1998 e vice-presidente no mandato de 2010-2012. O advogado tinha 66 anos de idade e foi vítima de cirrose hepática. 

Bazzarella se notabilizou pela atuação no Direito Penal e destacava-se entre os pares pela atuação em tribunal do júri. Além de exercer a advocacia privada, engajou-se, por décadas, na formação dos novos bacharéis do Sul fluminense como professor de deontologia jurídica na Unifaa (Centro Universitário de Valença).

“Camilo Romualdo Bazzarella foi e sempre será um grande exemplo para todos nós na advocacia, professor inspirador e amigo fiel que deixará muitas saudades para todos nós”, disse o presidente atual daquela subseção, Antônio Tadeu de Almeida Lasneaux Junior.

Sócio por 12 anos e ex-aluno de Bazzarella, Ricardo Fernandes Maia classifica o advogado como “um dos últimos remanescentes da escola antiga do tribunal do júri”.

“‘Camilinho’, como ele pedia para ser tratado, foi um dos responsáveis pela minha carreira tanto na academia quanto na advocacia. Como tribuno, pude trilhar o caminho do plenário sem medo, certo da companhia de um grande guerreiro. Sua partida representa uma perda sem precedentes. Perderam a academia jurídica, a  advocacia criminal, os familiares e amigos, que eram muitos”.

O advogado deixa uma filha e dois netos. O sepultamento será nesta quarta-feira, às  17h, no Cemitério do Riachuelo, em Valença.