Em ofício enviado nesta segunda-feira, dia 2, à presidente do Tribunal de Justiça (TJ), desembargadora Leila Mariano, a OAB/RJ solicita a prorrogação por mais 60 dias do prazo para o início da obrigatoriedade do peticionamento eletrônico na segunda instância, nas varas cíveis do Fórum da capital e nos fóruns regionais de Campo Grande, Jacarepaguá, Leopoldina e Barra da Tijuca, além das varas cíveis de Niterói e São Gonçalo.
 
A Seccional alega que é necessária uma estruturação técnica antes da adoção definitiva e exclusiva da nova forma de atuação no Judiciário. O documento afirma, ainda, que "a medida não trará quaisquer prejuízos institucionais e ao bom funcionamento e andamento da Justiça, sendo de fundamental relevância para o pleno funcionamento do processo judicial informatizado do TJ".