Personalidades vão receber o Colar do Mérito Judiciário

 

 

Do Jornal do Commercio

 

07/12/2007 - Quarenta e nove personalidades que prestaram relevantes serviços à cultura jurídica e à Justiça fluminense - entre elas ministros, secretários de estado, desembargadores, juízes, militares, médicos, advogados e serventuários do Poder Judiciário - serão agraciadas pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio (TJ-RJ) neste sábado, em que se comemora o Dia da Justiça, com o Colar do Mérito Judiciário. A condecoração, que se fará no Órgão Especial, no 10º andar do Fórum central, na Avenida Erasmo Braga, 115, Centro do Rio, é uma medalha tipo comenda em metal dourado, esmaltada em azul e branco, tendo ao centro a insígnia do Estado do Rio de Janeiro, com a inscrição Tribunal de Justiça, ano de 1974. É usada com fita azul e branco.

 

Receberão o Colar do Mérito os ministros Antônio Cezar Peluso e Enrique Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF); o ministro Hélio Quaglia Barbosa, do Superior Tribunal de Justiça (STJ); o general-de-Exército Luiz Cesário da Silveira Filho, comandante militar do Leste; o almirante-de-esquadra Luiz Umberto de Mendonça, comandante da Escola Superior de Guerra; o vice-almirante Paulo José Rodrigues de Carvalho, diretor de Portos e Costas da Marinha do Brasil; o major-brigadeiro-do-ar, Ailton dos Santos Pohlmann, comandante do Terceiro Comando Aéreo Regional; o desembargador Federal Joaquim Antonio Castro Aguiar, presidente do Tribunal Regional Federal (TRF) da Segunda Região; a desembargadora Doris de Castro Neves, presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da Primeira Região; o conselheiro José Maurício de Lima Nolasco, presidente do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro; Wadih Damous, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seção do Estado do Rio de Janeiro; Maria Nice Leite de Miranda, defensora pública do Estado do Rio de Janeiro; Eduardo da Costa Paes, secretário de Estado de Turismo, Esporte e Lazer; Dom Edson de Castro Homem, bispo auxiliar da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro; o ministro Eduardo Mattos Portella, membro da Academia Brasileira de Letras; o coronel PM Ubiratan de Oliveira Ângelo, comandante-geral da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro; e os médicos Deusdeth Gomes do Nascimento, Glaciomar Machado, João Batista Thomaz e Maria de Lourdes de Oliveira Moura.

 

Serão também agraciados com a medalha os desembargadores do TJ-RJ José Augusto de Araújo Neto; Fernando Fernandy Fernandes; Geraldo Luiz Mascarenhas Prado; Cairo Ítalo França David; Eunice Ferreira Caldas; Cherubin Helcias Schwartz Júnior; Antonio Jayme Boente; Antonio Carlos Esteves Torres; Suimei Meira Cavalieri; Mônica Maria Costa Di Piero; Marília de Castro Neves Vieira; Agostinho Teixeira de Almeida Filho; Marcos Alcino de Azevedo Torres; Rogério de Oliveira Souza; Paulo de Tarso Neves; André Gustavo Corrêa de Andrade; Zélia Maria Machado dos Santos; Paulo Sérgio Prestes dos Santos; Leony Maria Grivet Pinho; Carlos Eduardo Moreira da Silva; Sirley Abreu Biondi; Gabriel de Oliveira Zefiro; Oscar Luiz de Lima e Cirne Filho; os juízes de Direito Andréa Maciel Pachá; Jacqueline Lima Montenegro e Cláudio Luis Braga Dell'Orto; o advogado José da Silva Maquieira; e os serventuários Sebastião de Freitas Oliveira e Teresa Cristina Dourado de Gusmão de Aboim.