Seccionais da OAB apóiam movimento Brasil contra a Violência

 

 

Do site do Conselho Federal

 

04/03/2008 - Representando os 27 Estados mais o Distrito Federal, presidentes de Seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) aprovaram a proposta de transformar o movimento "MS Contra a Violência", nascido na OAB-MS, no "Brasil contra a Violência". A adesão foi manifestada hoje (03) na reunião do Colégio de Presidentes de Seccionais da OAB, promovida pelo Conselho Federal da entidade, em Brasília. "Quatro presidentes já manifestaram interesse em deflagrar o movimento em seus Estados: Wadih Damous, da OAB do Rio de Janeiro; José Mário Porto Júnior, da Paraiba; Angela Sales, do Pará; e José Caldas Góis, do Maranhão", comemorou o presidente da OAB-MS, Fábio Trad, que participa do encontro.

 

O movimento em nível nacional será coordenado pelo advogado sul-mato-grossense José Augusto Lopes Sobrinho, organizador do "MS Contra a Violência", deflagrado no ano passado com a participação de entidades de diversos segmentos da sociedade civil. Ele foi designado pelo presidente nacional da OAB, Cezar Britto. O professor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Ângelo Motti, atuará como coordenador científico.