A OABRJ sediou na manhã desta terça-feira, dia 3, o Fórum de Justiça Restaurativa, organizado pelo Centro de Defesa dos Direitos da Criança do Adolescente, ONG criada para defender e promover direitos de crianças e adolescentes. O evento teve o apoio da Comissão de Mediação de Conflitos da Seccional.

A Justiça restaurativa é um conjunto ordenado e sistêmico de princípios, métodos, técnicas e atividades próprias, que visa à conscientização sobre os fatores relacionais, institucionais e sociais motivadores de conflitos e violência, e por meio do qual os conflitos que geram dano, concreto ou abstrato, são solucionados de modo estruturado. Na primeira exposição do encontro, a assistente social do TJRJ Cristiane Castro falou sobre estratégias para o autocuidado na construção da paz e convivência plena, como a meditação, o mindfulness,a ioga e a respiração.

Em seguida, o psicólogo Esley Cardoso abordou a redução da desigualdade de gênero, a intolerância e a discriminação.Por fim, a advogada Cristina Lobato falou sobre a comunicação não violenta para crianças, adolescentes, pais, escolas/comunidade. A mediação ficou por conta do coordenador executivo do Cedeca, Pedro Pereira.

O evento está disponível na íntegra no Canal da OABRJ no Youtube.