O Tribunal Superior do Trabalho (TST) regulamentou o julgamento em ambiente eletrônico, por meio do Plenário Virtual, em todos os órgãos judicantes da Corte. A Resolução Administrativa 1860/2016 dispõe que os processos de competência jurisdicional do TST poderão, a critério do ministro relator, ser submetidos a julgamento em ambiente eletrônico não presencial, por meio de sessões realizadas em Plenário Virtual, observadas as respectivas competências dos órgãos judicantes e o que dispõe o art. 6º desta Resolução.