Formulário de busca

09/11/2018 - 16:11

2ª Meia Maratona Nacional da Advocacia reuniu mais de 3 mil em Copacabana

A segunda edição da Meia Maratona Nacional da Advocacia levou mais de 3 mil pessoas à Praia de Copacabana no dia 2 de setembro. Além dos 1.800 inscritos nas três categorias de corrida (5, 10 e 21km), havia também torcedores e entusiastas, bem como os participantes da tradicional Caminhada da Advocacia, que, em sua 29ª edição, foi realizada em paralelo à corrida e reuniu 646 advogados e seus acompanhantes, com o tema Saúde: prevenção é o primeiro passo.
[
Durante a premiação dos corredores no evento organizado pela Caarj e pela Concad, houve ainda espaço para a entrega de troféus às subseções que mais angariaram roupas e agasalhos na campanha Calor Humano, da Caixa. As campeãs foram a subseções de São João de Meriti, Itaboraí e Niterói.

“Pratico corrida há três anos, é uma paixão. Acho que cada um deve encontrar uma forma de sair do estresse e refrescar os pensamentos, e encontrei esta”, contou a advogada Kelin Cristina Correia, de Santa Catarina.
 
No ano passado, Kelin ficou em terceiro lugar. E, nesta segunda vez, conquistou a posição mais alta do pódio.
 
“Foi difícil porque estou acostumada a correr com o frio do Sul e, ao chegar aqui, me deparei com o calor da cidade. Mas faz parte. Corrida é assim, igual à vida, com obstáculos que precisam ser vencidos”, comemorou.

Pela primeira vez na cidade, o secretário-geral da OAB/Diadema (SP), Ricardo André Barros, fez muitos elogios. “O Rio é muito melhor do que falam para nós. Aconselho todos a conhecerem e participarem da próxima corrida”, disse Barros, entusiasmado.

Quem também apreciou a vinda ao evento foi o advogado Antônio Gomes, da Bahia. “Parabenizo a Caarj por este evento que fomenta a prática esportiva na categoria e nos proporciona uma paisagem maravilhosa”. 
 
Foram seis as delegações de outros estados: Amazonas, Paraná, Santa Catarina, Sergipe, Piauí e Bahia. 
Um dos corredores do Rio de Janeiro, o presidente da Caixa, Marcello Oliveira, incentiva a prática esportiva como modo de prevenção de doenças. Ele deu o exemplo competindo na categoria 10km. “No ano passado, consegui treinar e fazer 21km. Desta vez, fiquei nos 10km. Mas, estou muito feliz. Nossos atletas arrebentaram e o dia está lindo”.

O presidente da Caixa de Assistência do Distrito Federal e coordenador nacional das Caixas de Assistência, Ricardo Peres, também deu exemplo, no percurso de 5km. “É um prazer estar novamente na Meia Maratona, que nasceu da união das 27 Caixas de Assistência. Estar nesta cidade é sinônimo de muita energia, há muita coisa boa que estava precisando ser mostrada para o Brasil inteiro, e a advocacia está reunida neste evento em prol do bem-estar e da qualidade de vida”.

O advogado Rubens Ruela, de Juiz de Fora (MG), conquistou o bicampeonato. “No ano passado, fiquei em primeiro lugar na minha categoria e este ano estava ansioso por essa corrida. É uma prova que motiva muito o atleta, mas também sacode aquela pessoa que é sedentária. O sedentarismo é a causa de muitas doenças e a prática de esportes dá uma vida nova para todos”, disse, muito animado.

Veja a classificação completa dos participantes no site ww.caarj.org.br.