Formulário de busca

09/11/2018 - 16:12

Melhorias para a advocacia do interior marcam segundo semestre de 2018

Os meses de agosto e setembro foram marcados pela efetivação de melhorias e entrega de novos equipamentos para os advogados que militam fora da capital. Novas sedes, escritórios compartilhados, centrais de peticionamento digital e outras benfeitorias permitirão ao colega do interior aprimorar a atuação e investir na continuidade de sua capacitação, colaborando para o pleno exercício profissional. A seguir, breves resumos das inovações. As matérias completas podem ser acessadas no Portal da OAB/RJ.

SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA
No dia 24 de agosto, foi aberta ao público a nova sede da Subseção de Santo Antônio de Pádua. Em um terreno próximo ao fórum local, o espaço conta com central de peticionamento com seis computadores, dois escritórios compartilhados, sala de reunião e auditório para cem pessoas. O presidente da Ordem local, Adauto Furlani, ressaltou o valor da conquista para a advocacia paduana. “Estamos cumprindo mais um compromisso de campanha, talvez o mais difícil deles. Esta inauguração é um marco e demonstra nossa força. Nossos colegas encontrarão sempre o respaldo necessário, bem como toda a sociedade de Pádua”, afirmou.

O tesoureiro da Seccional e presidente da Comissão de Prerrogativas, Luciano Bandeira, destacou a importância de um local amplo e bem equipado. “Uma sede própria tem alguns significados, como o aumento da valorização e do respeito da advocacia por parte da população, que também ganha com o novo espaço. Os auditórios da Ordem, por exemplo, são a caixa de ressonância da sociedade, recebendo importantes debates locais. A advocacia local deu um grande passo e está de parabéns “, disse.

ITAPERUNA
Também em 24 de agosto, de passagem por Itaperuna, uma comitiva da Seccional visitou as novas instalações da subseção local. Totalmente remodelada, a sede conta com quatro computadores para peticionamento, dois escritórios compartilhados e auditório para 200 pessoas. “As mudanças promovidas eram um pleito antigo, diante do número crescente de advogados da região. Poderemos oferecer mais conforto aos colegas, graças ao trabalho realizado em conjunto com a Seccional”, afirmou o presidente da subseção, Zilmar Júnior. 

DUQUE DE CAXIAS
A advocacia e a sociedade civil de Duque de Caxias já podem usufruir da sede própria da 2ª Subseção, inaugurada pela OAB/RJ em 6 de setembro. O terreno, cedido pela Prefeitura, fica próximo ao fórum e a outras serventias locais do Judiciário, e o espaço conta com central de peticionamento com computadores, escritórios compartilhados, sala de reunião e auditório para 200 pessoas – que ficou pequeno para receber todos os presentes à inauguração.

 O presidente da OAB/Duque de Caxias, Vagner Sant’Ana, destacou a importância da nova sede e agradeceu aos presidentes que o antecederam no cargo e a diversas autoridades locais que colaboraram para o sucesso do projeto. Ele lembrou, também, a ajuda da Seccional e a presença de presidentes de diversas subseções.
 
“Todo esse terreno era um matagal, uma área abandonada. Em 2016, o [diretor do Departamento de Apoio às Subseções, Carlos André] Pedrazzi veio aqui, e disse que se conseguíssemos o terreno faríamos a sede. Com o apoio de todos, o sonho se realizou”, disse. 

BANGU
Em 19 de setembro, foi inaugurado na OAB/Bangu o novo espaço de atendimento aos advogados. O lançamento ampliou a capacidade para receber colegas que atuam em toda a Zona Oeste. As novas instalações contam com três escritórios compartilhados, sala de convivência e mais dois computadores - a subseção agora tem seis ao todo.

“Quero agradecer mais uma vez à Seccional por ter concretizado essa conquista. São escritórios compartilhados para uso da advocacia, em um cenário tão difícil, com muitos colegas fechando seus locais de trabalho. Não apenas os jurisdicionados, mas também os colegas que não são de Bangu e aqui advogam serão beneficiados. O mero aborrecimento, a crise econômica que atravessa nosso país, tudo isso esvaziou o Judiciário e nessa hora a Ordem tem que atuar por quem mais precisa”, ressaltou o presidente da OAB/Bangu, Ronaldo Barros, na solenidade.

PETRÓPOLIS
Encarapitada no centro da Cidade Imperial, a Subseção de Petrópolis deu um salto rumo ao futuro no dia 20 de setembro, com a inauguração de sua Central Digital. O novo espaço conta com um posto de certificação digital, funcionários treinados para amparar os advogados de forma permanente, três escritórios compartilhados equipados com computadores e quatro terminais de peticionamento eletrônico. 

A implantação da Central Digital onde antes havia a estrutura de uma farmácia desativada é mais um marco do projeto OAB Século 21, que readapta os espaços atendendo à demanda gerada pela digitalização da Justiça.  É também a coroação de um esforço conjunto entre a subseção e a Seccional, que começou em 2016, quando Marcelo Schaefer assumiu a gestão, e mais uma mostra da união da advocacia. “Com a estrutura ampliada, o advogado vai se sentir mais convidado a frequentar sua casa. É um alinhamento com os novos perfis da advocacia e um socorro num momento econômico difícil. A tendência é que o advogado recorra ao fórum mais para medidas de urgência e conviva com os colegas aqui na subseção”, avalia Schaefer.