Formulário de busca

06/02/2018 - 16:07

Parceria entre OAB/RJ, Caarj e estado garante à advocacia vacinação gratuita contra febre amarela

Fruto de uma parceria entre a OAB/RJ, a Secretaria Estadual de Saúde e a Caixa de Assistência dos Advogados (Caarj), a campanha de vacinação contra a febre amarela está imunizando, sem custos para os colegas, cinco mil advogados em todo o estado. A vacina é importantíssima para a categoria, já que os profissionais do Direito muitas vezes necessitam se deslocar a diversos municípios, alguns deles considerados de alto risco para a doença.

Na capital, a vacinação ficou concentrada na Clínica Caarj/Med-10, que fica à Rua São José, 20 - 6° andar, no Centro. A campanha imunizou 237 colegas só no primeiro dia. O presidente da Seccional, Felipe Santa Cruz, destaca a relevância da iniciativa. “Todos estão contribuindo para evitar o crescimento da doença. A parceria da OAB/RJ com a Caarj na campanha de vacinação contra a febre amarela é parte importante deste esforço conjunto da sociedade. Vamos utilizar a estrutura das subseções da Ordem no estado para imunizar o maior número possível de profissionais, priorizando comarcas de municípios atingidos pela doença. Caso seja necessário, solicitaremos mais doses junto às autoridades. Convidamos todos os advogados para esta cruzada. Basta comparecer a um dos postos montados pela Caarj”, diz.

Como sublinha o presidente da Caixa, Marcello Oliveira, “a Caarj disponibilizou funcionários e enfermeiras para a aplicação das vacinas como forma de se associar a um esforço de toda a sociedade, pelo bem comum e em parceria com o poder público.” Ele lembra que, com a ação, a Caixa buscou não apenas cumprir sua missão de cuidar da advocacia. “Foi também uma forma de desafogar outros postos de vacinação e, desta forma, ajudar a todos”, frisa. 
 
Vacinação nas subseções
As subseções também participaram da campanha de vacinação contra a febre amarela. No dia 23 de janeiro, cerca de 70 advogados de Teresópolis foram vacinados, completando o trabalho iniciado ainda em 2017, quando houve a distribuição de 300 doses da vacina – fornecidas pela Secretaria Municipal de Saúde. “Em Teresópolis, a advocacia foi atendida plenamente. A população da cidade já está quase 100% imunizada, e entre os advogados e familiares já atingimos 100%”, afirma o presidente da OAB/Teresópolis, Rodrigo Ferreira da Cunha.

Na vizinha Petrópolis, a imunização aconteceu no dia 29 de janeiro, na sede da subseção. Advogados e estagiários foram beneficiados pela ação. “Antes do dia da vacinação, muitos advogados já haviam nos procurado. Petrópolis não teve nenhum caso comprovado, mas no entorno é possível que haja e, como estamos em uma região de mata, a preocupação é constante. É fundamental agir para a prevenção”, salienta o presidente da subseção, Marcelo Gouvea Schaefer.

No dia 7 de fevereiro, a vacinação aconteceu em Niterói, no 8º andar da sede da subseção. “É de suma importância a participação da entidade nesta campanha, tendo em vista o aumento dos casos de febre amarela no estado. O presidente Felipe Santa Cruz conseguiu as vacinas, que foram aplicadas pela Caarj, como medida protetora na tentativa de evitar que haja uma epidemia, com graves problemas para a população. Estamos fazendo nossa obrigação de cuidar da saúde dos advogados”, destaca o presidente da OAB/Niterói, Antonio José Barbosa da Silva.

Em Campo Grande, a vacinação ocorreu no dia 8 de fevereiro. A procura de advogados e estagiários foi grande, em função da dificuldade para encontrar vacinas nas unidades de saúde da região. “A OAB/RJ cumpre um papel importante ao vacinar os colegas. Aqui há muita demanda, porque os postos de saúde de Campo Grande não têm a vacina. Nós estamos na capital, mas ficamos a quilômetros de distância”, explica o presidente da OAB/Campo Grande, Mauro Pereira dos Santos.