Formulário de busca

03/08/2018 - 21:04

Nas redes sociais

Facebook/OABRJ
 
Apoio de Wadih ao presidente da Comissão de Direitos Humanos do Senado, Paulo Paim (PT/RS), na crítica a ministros do TST que, segundo ele, erraram ao autorizar uma empresa a consultar listas de inadimplência antes de contratar candidatos a vagas de emprego.

Márcia Sennra: Com certeza... Sempre cumpri com todos os meus encargos e dividas, atualmente estou desempregada há três anos, e não me considero caloteira... Caloteiro é quem tem condições de pagar e não paga!

Fabio Valle: Discriminação pura, quem estiver procurando emprego para pagar as dívidas vai ficar endividado e sem poder trabalhar.

Gilberto Dias: Uma covardia! O pobre mais uma vez é criminalizado, em nome do capital!

Apagão do peticionamento eletrônico

Adilson Moura: Muito se fala de processo eletrônico, certificção digital, mas infelizmente, no Brasil, a informática no serviço público somente serve para criar dificuldades, ao contrário de outros países. Antes do computador no TJ, o escrevente tinha conhecimento da situação de processo. Hoje, com o computador, sequer sabe em que prateleira está. É certo que não adianta colocar super computadores se não for modificada a mentalidade dos serventuários e dos juízes, os quais, em sua grande maioria, sequer leem nossas petição. O que me assusta não são as novas tecnologias, mas sim aqueles que as utilizarão.