Formulário de busca

12/06/2018 - 15:58

Mãe de Marielle Franco emociona em audiência

A OAB/RJ sediou, no dia 11 de maio, audiência pública para a elaboração do Informe Anual sobre a Situação dos Direitos Humanos nos Estados Partes do Mercosul. O encontro teve como tema central Sistema carcerário e violência urbana.

O deputado federal e membro da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos do Parlamento do Mercosul (Parlasul), Jean Wyllys (Psol) e o presidente da Comissão Especial de Direito Comparado da OAB/RJ, Carlos Augusto Ávila, conduziram o evento. 

Os depoimentos contundentes, na tribuna, da mãe de Marielle Franco, Marinete da Silva, e de Eliane Vieira, do grupo Mães de Manguinhos, cujos filhos foram mortos por policiais lotados na UPP daquela região da cidade, emocionaram a plateia. Vestida de branco, Marinete recebeu condolências dos palestrantes e falou de improviso: “Foi uma brutalidade o que fizeram com minha filha. Se não fosse pela minha fé, eu não estaria aqui. É muito duro. Marielle morreu pelo sonho dos outros”.

Entre os nomes que compuseram as mesas estavam o senador do PT Humberto Costa, o vice-presidente da Comissão de Segurança Pública da OAB/RJ, Renato Teixeira de Souza, a secretária-geral da Cedco da Seccional, Fabiana Raslan, a presidente da CCDH-Parlasul da Argentina, Cecília Britto, a socióloga Julita Lemgruber, um dos fundadores da Central Única das Favelas (Cufa), Anderson Quack, o advogado criminalista James Walker Junior e o defensor público federal Thales Arcoverde Treiger.