Formulário de busca

12/06/2018 - 13:08

Uma casa para toda a advocacia do Rio de Janeiro

FELIPE SANTA CRUZ
 
Maior central de serviços para a advocacia do país, a Casa de Prerrogativas Celso Fontenelle abriu suas portas no dia 6 de junho. A inauguração foi um ato de união da classe, simbolizada pela presença do presidente do Conselho Federal, Claudio Lamachia, de dirigentes e ex-dirigentes da Ordem e de entidades representativas da categoria, presidentes de diversas subseções, conselheiros e mais de 500 colegas.

Temos plena consciência das dificuldades enfrentadas por advogadas e advogados nesses anos de crise econômica. E é justamente numa conjuntura como a atual que o novo espaço ganha mais importância. Em 1800m² de área e bem próxima do Fórum Central, a Casa de Prerrogativas oferece um número superior a cem computadores, auditório com capacidade para 80 pessoas, 33 escritórios compartilhados, uma extensão da Escola de Inclusão Digital, atendimento da Comissão de Prerrogativas, certificação digital e acesso à internet com wifi de alta velocidade, entre outros serviços.

Vale lembrar que a abertura da Casa das Prerrogativas, assim como a ampliação dos demais serviços disponibilizados pela OAB/RJ, se deu mesmo com uma redução na anuidade com relação ao primeiro ano de mandato. Isso é fruto do esforço de nossa Tesouraria para cortar custos, renegociar contratos e otimizar investimentos.

A estrutura da central de serviços é de excelência e dignifica a classe, dando aos colegas todo o apoio necessário ao exercício profissional. Uma casa construída coletivamente e voltada para o coletivo, como tem sido o norte da atual gestão. 
 
* * *
 
Essa diretriz de planejar a partir do diálogo e da busca do bem comum, aliás, deu o tom do III Colégio de Presidentes de Subseção do Triênio 2016/2018. Reunidos na Zona Oeste, os dirigentes das OABs discutiram estratégias de enfrentamento das dificuldades enfrentadas pela advocacia em nosso estado, como o problema da política do “mero aborrecimento”.

Foram quatro dias de debates altamente produtivos, que contaram com a participação de conselheiros do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e cientistas políticos. Além dos temas corporativos, tivemos a oportunidade de refletir sobre assuntos que preocupam a sociedade como um todo, entre eles a questão da segurança pública.

Ainda sobre o Colégio, gostaria de agradecer mais uma vez a presença do ex-presidente do Conselho Federal Marcus Vinicius Furtado Coêlho e de três ex-presidentes da Seccional: Sérgio Zveiter, Octavio Gomes e Wadih Damous. Líderes da OAB/RJ em tempos e com pensamentos distintos, os ex-dirigentes deram um exemplo de convivência democrática, importantíssimo nessa época de tanta intolerância.
 
* * *
 
Esta edição da TRIBUNA traz como novidade uma seção destinada às notícias do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB). A iniciativa é fruto de Termo de Cooperação entre a Seccional e a entidade, que incluirá a realização de seminários, estudos e concursos conjuntos, sempre visando à divulgação do conhecimento jurídico.