Formulário de busca

16/05/2018 - 14:43

Debate põe em xeque cobertura jornalística de conflitos políticos na Venezuela

O Centro de Documentação e Pesquisa (CDP) da OAB/RJ, em parceria com o site Tribuna da Imprensa Sindical, promoveu o debate Jornalismo de guerra para discutir sobre como os conflitos políticos na Venezuela e em países como Bolívia, Rússia, China e Cuba são abordados de forma tendenciosa pelos meios de comunicação.

O evento ocorreu no dia 11 de abril, na Seccional, com a presença do cônsul da Venezuela Edgar Alberto González Marín e da consulesa-geral adjunta Merli Vanegas; do jornalista, diretor e editor do site Tribuna da Imprensa Sindical, Daniel Mazola Fróes de Castro; do doutorando em História Social pela Unirio João Claudio Platenik Pitillo, e do jornalista André Moreau.

O diretor do CDP, Aderson Bussinger, sublinhou o papel da Ordem de promover reflexões sobre temas caros à sociedade civil, como a necessidade de democratizar os meios de comunicação, e traçou um paralelo do país governado por Nicolás Maduro com o Brasil. “A Venezuela está sob ataque e a mídia faz parte dessa beligerância. Aqui ocorre o mesmo. A grande imprensa está pautada por interesses políticos hegemônicos desde 1964, pratica a opressão em vez de comunicação. Chega até a pautar o STF. A prisão de Lula é um exemplo disso”, afirmou.