Formulário de busca

12/04/2018 - 16:21

Felipe e Lamachia participam de ato em São Gonçalo

O presidente da OAB/RJ, Felipe Santa Cruz, e o presidente do Conselho Federal, Claudio Lamachia, participaram, em 7 de março, na sede da Subseção de São Gonçalo, de um desagravo póstumo ao advogado Wagner Salgado, assassinado em fevereiro de 2017 juntamente com a esposa e a filha. Na época do crime, Salgado ocupava o cargo de diretor de eventos da subseção.

“Dirigir a Ordem em um momento de crescimento é uma coisa. Num momento de crise e mudanças, é outra. Quando o advogado está sofrendo, ele vem para a entidade. Só unidos iremos superar essa fase. Quero ressaltar a importância do trabalho coletivo” afirmou Felipe na abertura, reforçando que a Seccional acompanhará o caso da morte de Salgado até o fim. “Não queremos vingança, queremos o cumprimento da lei. Que aqueles que foram responsáveis por esse assassinato respondam por ele”.

Para Lamachia, o momento do Rio de Janeiro e do país é delicado, mas a Ordem tem “a obrigação de apontar a bússola” na direção certa. Ele declarou que a entidade apoiará incondicionalmente a Seccional e a subseção no tocante ao processo relacionado ao assassinato de Salgado. “Que não tenhamos mais que enfrentar situações como esse crime, que tenhamos um Brasil mais justo e respeitoso com as pessoas. Nós advogados e advogadas brasileiros somos agentes de transformação social, e temos um papel fundamental, especialmente nesse ano de eleição”, completou. 

O presidente da OAB/São Gonçalo, Eliano Enzo, agradeceu o apoio da Seccional e do Conselho Federal, e pediu a unidade da advocacia para que se possa enfrentar melhor os obstáculos cotidianos. “No momento em que nos calamos e não defendemos um colega, estamos atingindo a nós mesmos no futuro. Precisamos unir a advocacia, para melhor nos defendermos. O outro não é inimigo, é colega de profissão, que pode estar do mesmo lado que nós um dia”, ponderou. A subseção também concedeu a Lamachia a Medalha Celso Fontenelle, pelos serviços prestados à advocacia. 

Participaram da mesa, além de Felipe, Lamachia e Enzo, o presidente da Comissão de Prerrogativas e tesoureiro da OAB/RJ, Luciano Bandeira; o secretário-geral adjunto do CFOAB, Ibaneis Rocha; o ex-presidente da Seccional Octavio Gomes; o membro nato do conselho da subseção Edson Oliveira dos Santos; e o professor da Escola Superior de Advocacia da subseção Vitor Marcelo Rodrigues.