A Escola de Gestão de Pequenos e Médios Escritórios da OABRJ será inaugurada na próxima segunda-feira, dia 18, às 19h, em um evento que reunirá, por meio digital, a diretoria da Seccional e os responsáveis pela gestão do projeto, que auxiliará pequenos e médios escritórios de todo o Estado a gerir suas bancas. A transmissão ao vivo será pelo canal da OABRJ no YouTube.

Estarão presentes na inauguração da Escola o presidente da OABRJ, Luciano Bandeira; o secretário-geral da entidade, Álvaro Quintão; o presidente da Comissão de Qualificação da Gestão de Pequenos e Médios Escritórios, que gerencia a Escola, Tiago de Mello Cunha; a secretária-geral da comissão, Silvia Correia; e a presidente da OAB/Bangu, Claudete Capella.

A subseção se junta à Escola para um importante programa, pensado para auxiliar no enfrentamento das dificuldades econômicas e estruturais enfrentadas no período da pandemia do novo coronavírus: um projeto solidário para arrecadação de doações para os mais necessitados. Na ocasião, Capella explicará sobre a arrecadação, que terá como ponto de concentração a sede da OAB/Bangu, aberta excepcionalmente na terça-feira, dia 19, das 9h às 18h, para o recebimento dos mantimentos. 

Escola reforça um dos pilares da gestão: investimento na estrutura para aperfeiçoamento profissional

Lançada em janeiro, a Escola de Gestão de Pequenos e Médios Escritórios tem como proposta dar instrumentos a colegas sócios de pequenos e médios escritórios para tocar suas bancas, com orientações que vão desde a criação até captação e manutenção de clientela e a gestão propriamente dita.

Diante da crise financeira que vivemos, o projeto aproxima a Ordem dos colegas levando palestras de orientação profissional. “Estimamos que os sócios de pequenos e médios escritórios representem de 80% a 90% dos inscritos na OABRJ. Eles são os maiores responsáveis por levar a sociedade ao Poder Judiciário. E precisam estar preparados para isso. Saber gerir bem não é questão de capricho, é uma questão de sobrevivência hoje nessas bancas”, observou Cunha em sua posse junto a todos os membros do grupo.